Papel do gestor na construção

11

Em construção, o papel do gestor é estabelecer um planejamento organizado de cada componente do projeto. Ao delinear um cronograma, a eficiência de tempo deve ser uma prioridade, prevendo e resolvendo cada caso de atrasos, mudanças e discussões.

A gestão da construção envolve aspectos gerenciais e tecnológicos, incluindo (mas não apenas) a engenharia civil, gestão de risco e fatores financeiros.

Os gerentes precisam estar sempre atentos à situação existente, utilizando de forma inteligente as competências dos trabalhadores e, assim, afetar positivamente a qualidade de um projeto.

Gestão de construção é a prática de gerenciamento de construção no lugar do proprietário. Também conhecido como consultor, trabalha no projeto desde o início do design até sua conclusão. Normalmente, esse profissional dirige, coordena e dá ideias e feedback a diversos projetos ao mesmo tempo, dos mais variados possíveis.

Eles também são responsáveis pela seleção e contratação de empreiteiros e pela parte de finanças. Embora existam gestores que não controlam diretamente a construção real, alguns fazem o gerenciamento de construção extensiva que supervisiona todo o projeto.

O modelo de construção envolve duas relações de três partes. As partes envolvidas são os proprietários do projeto, os designers (geralmente composta de engenheiros e arquitetos) e por fim os empreiteiros e construtores.

No início, o proprietário cria uma ideia e, então, encaminha para os arquitetos e engenheiros que fazem o design. Quando o projeto é concluído, volta para o dono do projeto para análise. Esta relação envolve certo grau de planejamento, principalmente em características de concepção e, em certa medida, nos aspectos de construção.

Depois disso, o proprietário encaminha o projeto ao empreiteiro ou construtor, que, por sua vez, dá um retorno avaliando e prevendo despesas.

Fonte: Manutenção & Suprimentos
Link:http://www.manutencaoesuprimentos.com.br/conteudo/7368-papel-do-gestor-na-construcao/