Ciplan gerencia manutenção de 6 mil equipamentos com software da Astrein

Com mais de 40 anos de atuação, a cimenteira Ciplan, localizada em Brasília, contribuiu para o crescimento e a consolidação da capital e da região Centro-Oeste. Atualmente, com presença na maioria dos estados do país, a Ciplan fornece produtos para a construção civil como cimento, agregados, argamassa e concreto. Com mais de 6 mil equipamentos ativos em sua fábrica, a Ciplan contratou a solução da Astrein, empresa especializada em soluções e software para gestão de ativos, facilities e cadastro, para gerenciar a manutenção da área industrial.

A equipe de manutenção da Ciplan é composta por 130 profissionais divididos em seis equipes: elétrica, mecânica, preventiva, preditiva, inspeção e lubrificação. As equipes são distribuídas pelas 51 áreas ativas e em construção da fábrica, e atendem 1800 ordens de serviço preventivas e 500 corretivas mensalmente.

Ivan Nelo da Silva, coordenador de manutenção da Ciplan, conta que os objetivos do projeto eram ter um sistema de gerenciamento de informações confiável e prático, no qual fosse possível controlar as ordens de serviço, a relação entre mão de obra e custos, extrair relatórios periódicos com agilidade, obter melhor controle do funcionamento dos equipamentos e saber o aproveitamento da mão de obra. “Outros pontos importantes eram diminuir as manutenções corretivas em até 50% e aumentar as manutenções preventivas, preditivas e inspeções”, explica Silva.

O processo de implementação da solução SSA da Astrein incluiu a migração de informações, novos levantamentos da planta, cadastro de novos equipamentos, geração de novos processos, entre outros procedimentos. “As equipes de coordenação de manutenção e supervisão da Ciplan juntamente com os técnicos da Astrein desenvolveram 450 procedimentos padrões e geraram 12 mil ordens de serviço preventivas no prazo de 60 dias”, conta Silva.

Após a realização de todos os procedimentos a empresa passou a contar com registro de todas as ocorrências da manutenção corretiva ou preventiva, além de histórico técnico e econômico que permite a equipe validar orçamentos, obter previsões de tempo para reparo, custo e quantidade de materiais. Outros benefícios alcançados foram a centralização dos dados, o subsidio para analises técnicas de causas e falhas sobre os serviços, a elaboração de indicadores gerenciais de desempenho e o aumento da velocidade de comunicação.

Para controlar o estoque a Ciplan utiliza sistema independente, o que tornava difícil saber o custo dos materiais gastos em uma manutenção pontual ou uma grande parada de equipamento, por isso a empresa optou por integrar as informações. Atualmente o SSA busca todos os materiais utilizados no estoque e inclui essas informações nas ordens de serviço, trazendo os custos reais para o trabalho executado. Assim é possível planejar também qual o custo previsto para a próxima manutenção e quais as peças mais utilizadas nos equipamentos, identificando as peças obsoletas para tirá-las do sistema.

“Hoje temos um cronograma de manutenção anual e, graças a todas as informações que temos a nossa disposição no sistema, conseguimos mensurar o que gastamos anualmente com isso, além de poder gerenciar a mão de obra interna, equipes terceirizadas e todos os custos relacionados.”, finaliza Silva.

Veículo: TI Bahia.com
Data: 14/11/2013